06 março 2010

PRINCE OF OCEAN



A corte esteve em Lisboa. O rei   Byron, que também passou por Cintra. Desapareceu para gaudio dos locais, que foram insultados até a 7ª geração. Agora este Princepezinho (??) dos mares, creio que foi inicialmente desenhado e construido para o trafego de subprodutos da madeira. Não do Alberto.

Temos todos presente a questão da segurança no mar. Para os maritimos. Para a navegação. Um dia vamos falar disso. Temos caso.
Navios desta ordem de grandeza, é sempre complicado encontrar dados. O que tenho:
Construído no Japão em 1991, mantém até hoje o nome original (!!!!!!). 41.639 tons de DWT, mede 195 metros. Bandeira do Panamá, e a companhia armadora está no Tawain.
De Espanha, a aguagem fazia " esticar" a amarra, como se vê. Muita água tem vindo por aí. Julgo que o polvo andará aflito, com a agua ensonsa....




Sem comentários: