29 junho 2010

TRANSPORTES



                                                 Colapso à vista nos transportes ?????


As empresas públicas de transportes, são normalmente notícia pelas piores razões: Neste caso, não fugiram à regra, e cá estão, na ribalta, no caso por estar FALIDISSIMAS. Ou próximo disso; O que não seria grave se não tivessem servido para o pior que as más governações produzem: Gastos e mais gastos sem controle, por ninguém que nunca se sabe quem, nem ninguém nunca sabe para quê. Resta-nos o tribunal de Contas, para nos assegurar que “«não há garantias de que o Orçamento de Estado, e nessa medida, os contribuintes, estivessem a comparticipar, exclusivamente, os custos de exploração indispensáveis ao cumprimento do serviço público». Mais ainda, não há garantia «de que os serviços de transporte urbano prestado (...) apresentassem os custos mais económicos».

Ora isto quer dizer que gastam o que não têm, onde não devem. O nosso dinheiro recorde-se.

Apesar de, segundo a imprensa “ ...outro destaque é o facto dos investimentos de 2 278 milhões de euros realizados neste período - 2003/2008 - não se terem traduzido em mais passageiros - até caíram 3,5. Tá bonito tá!!!!!.

S

Também é referida a dívida de 96 milhões de euros,por parte do estado, a este grupo de empresas.

Que por acaso, e só por isso , devem 5,8 mil milhões, e a somar. Ora o que é isso para quem não fuma??? Nada, como todos sabemos.

O engraçado, é que as contabilidades artísticas permitem este tipo de situação, ou então teríamos o nosso deficit nos 12%. E esta, hem??

Como também sabemos que, ao que parece, os bancos estão a deixar de ter dinheiro para, mensalmente, custear estas empresas, verdadeiros ATL de ex quaisquer porras. E já começaram a falar..... Se calhar, este post é um exemplo.....

Sem comentários: