24 novembro 2006

MAU TEMPO NA COSTA DE CASCAIS

S. João às oito e meia; Com a maré , logo, vai dar que falar. Atenção Reparem nas proas do barco fundeado. Com o W e SW ficar aqui parado é obra; Máquina de atenção e a manter temperaturas. Vou para baixo!

11 comentários:

GODOFREDO disse...

Tá memo zarro!!
O navio descortinou. Não aguentou a capa.
O homem do leme com muito temporal não conseguia manter o navio de capa e este descortinava constantemente.
O capitão aborreceu-se, tirou o homem do leme e passou ele a governar, mas também não conseguia mantê-lo ao rumo.
Desesperado diz ao homem do leme:
Quando o navio estava ao rumo "assim governo eu!", quando o navio saía do rumo "assim governas tu!"
Esta história é verdadeira.

GODOFREDO disse...

Mas há mais histórias e uma delas é com um navio de que tu sempre falas do seu magnífico salão.
Estás a ver qual é, não estás?
Muitos anos antes de o conheceres, largou da Groenlândia com destino a Portugal, mais do que sobrecarregado, portanto com a sua reserva de flutubilidade bastante diminuida, a adormecer e com muito mau governo.
Ao passar o Cabo Farweel, apanhou uma violenta tempestade.
O homem do leme, não conseguindo manter o navio de capa, larga o leme, põe as mãos na cabeça a gritar pela Nossa Senhora.
O capitão vira-se para ele e diz-lhe: Deixa a Nossa Senhora e agarra-te ao leme. Agora é preciso governar e depois se agradece à Nossa Senhora.

Anónimo disse...

Se estás fundeado larga mais amarra
para ficares descansado e poderes ir para baixo.
Radar ligado na escala adquada, com dois aneis de distância a dois pontos notáveis de terra. Ordens para a vigia não tirar os olhos dele.
A máquina sempre pronta para o que der e vier e um maquinista de atenção.
O contra-mestre em stand by para o ferro.
É que o comandante não dorme! Descansa!!!

Julio Quirino disse...

É o tempo de reparar e acabar tudo aquilo que ficou para fazer desde o último temporal!
Assim que aparece o bom tempo, já ninguém se lembra do que falta, e só queremos é navegar! É ou não é? Eu por mim falo!

Anónimo disse...

Mar de vaga grossa com cachão

GODOFREDO disse...

Para Julio Quirino:
Tem toda a razão.
A memória dos homens é curta.

Anónimo disse...

Tem toda a razão em dizer barco.
Um embarcadiço de profissão deveria chamar-lhe navio.
Barco está correcto porque neste caso é um "OFNI" (objecto flutuante não identificado).

Anónimo de baixo disse...

E o anónimo de cima vai de ETAP ????

Anónimo disse...

Anónimo de cima:
Diga lá o que significa a sigla ETAP.
Sou muito lerdinho de ideias

Anónimo de baixo disse...

É uma marca comercial de " barcos", que são além de impermeavéis ( condição 1 para serem barcos) são inafundáveis. É uma das maravilhas da Bélgica. O quer quer dizer não sei, mas deve ser uma flamãozisse....

Anónimo disse...

Anónimo de cima:
Obrigado pela explicação.
Pensava que era uma sigla mais erudita.
Quem não conhece os ETAP?