21 setembro 2010

OS IDOS DE AMANHÃ

Os portugueses, ao comprar casas, carros, champôs para o cabelo e remédios para unhas encravadas devem à banca, segundo o que ouvi na RTP, quatro mil milhões de euros.

Isto, ao mesmo tempo que embarcam de férias com o Visa e os parentes, deixando atrás de si  velhos, cães, gatos e peixinhos vermelhos




Estes figurantes, que é disso que se trata, ainda são uns beneméritos, passe o rigor. E não é que tantos milhões de personagens, tanta gente boa, quiçá não, não conseguem combater uma meia duzeca de empresas ESTATAIS (ou similar)?? É verdade. Seis mil milhões de euros, é o valor em apreço. Cabazada, digo eu. Já nem forçado se chega a este valor……

Isto tudo acontece em dez milhões de pessoas, todas encostadas umas às outras. Ou vá lá, metade delas , em caldeirada.
         
Depois, basta uma boa gritaria e a coisa recompôe-se.


Sem comentários: