15 abril 2010

VULCÕES E AQUECIMENTO GLOBAL


Não, não é o que pensam... De facto, a panela está o lume e aquece, derrete algum gelo, mas tudo volta imediatamente ao normal, quando se desliga o gás.


Agora as fumaças lá em cima....... são tudo menos fumaça.



Há alguns anos o químico holandês Paul Crutzen, professor na Alemanha do Max- Planck Institute for Chemistry e prémio Nobel pelos seus estudos sobre a formação e decomposição do ozono na atmosfera terrestre, Inspirado pela erupção do vulcão PINATUBO, lançou a ideia de colocar lá em cima partículas de enxofre, mais precisamente na estratosfera (a mais alta camada da atmosfera) que funcionariam como pequenos espelhos que reflectiriam os raios solares para o dono, permitindo arrefecer um pouco o planeta. Se não nos matasse, funcionaria às mil maravilhas. Ideia que já não era nova, pois os desflorestamento das matas da Indonésia, com os seus enormes incêndios, tinham dado indicações nesse sentido. Apesar de diferentes situações, havia analogias a aproveitar.

E com jeito, já temos o AL Gore a pensar em elevadores espaciais, convoyer belts saidos da imaginação mais insana ,com custos insondáveis, mas que depositariam o enxofre lá na poça.

Por cá, teríamos o nosso Marketeer de serviço a empacotar e a vender aos portugueses pacotinhos de enxofre das minas do diabo, acompanhados de pequenos balões de ar quente. E claro, com a respectivo chip de matricula. Imposto de selo pago a parte, juntamente com o imposto de circulação terrestre, mais o adicional para a circulação espacial. Tudo nos conformes, que não há nada na lei que nos diga o contrario.

O portuguesinho, esse, discutiria apaixonadamente se os sacos vermelhos eram melhores que os sacos verdes, ou antes pelo contrario.....

1 comentário:

Anónimo disse...

ACHO QUE JÁ PASSAMOS DA HORA DE SABER O QUE A SOCIEDADE PENSA (PERCEBE) SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL.

Por este motivo nosso grupo - Núcleo de Estudos em Percepção Ambiental / NEPA (sem fins lucrativos) - iniciou uma pesquisa sobre o tema na Região da grande vitória (ES). Quem tiver interesse pela pesquisa poder´pa contatar roosevelt@ebrnet.com.br