07 outubro 2010

DA REPUBLICA À BEIRA RIO


Aqui bandeiras , felizmente não faltam. Podia aplicar, Sr. Presidente, a Bandeira de Lata.




Da REPUBLICA gosto muito do “RE” , que sabe a popas e a mares passados. Já da Beira Rio, aprecio o rio e a sua beira, qualquer que seja a ordem das coisas.


          4 vezes ao dia, repete-se a sina da ria. Enche e vaza, e vaza e enche sempre em cenários diferentes. Muitas das vezes quase dramáticos, de cores e desenhos.


                                 


          Ilhavo , A Grande, mesmo com o problemas dos fusos horários e do içar e arrear das bandeiras, consegue iludir-me e faz-me pensar, ou sonhar;

Ao final do dia, hora da maré cheia na Ponte do Rio Boco