03 maio 2011

PHENIX


O nascer do Sol, lá pelos 69º, quase ENE, é imponente e por vezes dramático, na sua aparição.
Tenho a sorte de ser das primeiras pessoas a quem ele saúda.



Há ambém os pedregulhos, que tanta imaginação tem servido.
Ele são falocus erectus, mais ou menos veberados, ou


são grandes buracos escavados por gerações de nortadas e SWestadas.Na Mesma pedra dura, que a água tanto bate, que molha o incauto.
Continua-se a comer muito bem, o que transforma este expatriado num mortal razoavelmente feliz.

2 comentários:

BLUE MOON I disse...

Pois JC, estou em Peniche, outra vez a estaleirar.....

Cabo Carvoeiro disse...

Obrigado pela fotos de Peniche ja que os da terra nao divulgam ao menos os de fora apreciam.
Um abraço