15 outubro 2011

AS CRICAS INSULARES


Aspecto de uma crica - aportuguesamento de CREEK, se bem que efeminado - nas ilhas Açoreanas, mas não recordo qual.

Cricas como sabem, vêm até ao mar. E nem sempre ficam por lá. Por vezes secam, que ao que parece está a acontecer por aqui.
Com efeito, ao invés de chover todos os santos dias, parece que só chove  todos os dias, criando um dos piores periodos de seca que há memória.
O mar recua , e apesar do aquecimento e  derretimento das calotes , desaparece a olhos vistos.
Foi anunciada uma comissão de inquérito, para banalizar a coisa. Ou analizar....

Sem comentários: