29 julho 2010

JORNAL DO DIA

Desde os CALDOS de carne da nossa (?) infancia, até à iumponencia das construções muito sui generis. Só nossa, dizem por lá.
Gostei do que vi

Sem comentários: