13 abril 2017

SAGRES




Não há muito tempo, ia eu no meu sossego por aí abaixo, quando deparo com esta maravilha.








A SAGRES, a colher pano, com certeza para depois entrar em Lisboa. Isto passa-se pois, nas redondezas do Cabo Espichel, umas 3 mn por fora.



 
Raridade, que aqui partilho





Sem comentários: