10 abril 2017

EBORENSE


Do tempo em que se fazia o que se sabia. Mas sabia-se o que se fazia. Este naviozinho, ainda é exemplo disso.

Construído em 1953, nos Estaleiros Navais de Viana.
Com instalações sanitárias, o que para a época, deveria ser o máximo em conforto. Imagino quantos passageiros terá transportado, só pelo luxo de um xixi no meio do Tejo.  






Sem comentários: