27 novembro 2011

PORTO DE PESCA , AO DOBRAR DO MUNDO

Para além de ser um movimentadíssimo porto comercial, com todo o tipo de operações a correr, onde os helicopetros da pilotagem fazem parte do quotidiano, é também um porto, igualmente aberto  para os inúmeros  navios de pesca. Sul Africanos, Namibianos, e estes, possivelmente Coreanos ( do sul, que no norte peixe é miragem). Os Espanhóis ainda por cá aparecem. Portugueses, só a recordação. Compramos o peixe. Aos Espanhóis, aos Namibianos, aos Coreanos, Aos Sul Africanos, etc...


Novos e velhos, lá esperam por novas quotas e tripulações. Quando vejo estes Coreanos (??) não posso deixar de pensar nos nossos navios em St. John's, NFLD, e acredito que não deveríamos ser muito diferentes do que aqui está.


Não se pode ser novo sempre.....

Os nossos pescadores também foram useiros por aqui, e lembro-me muito bem do meu pai falar das maravilhas que por cá se viam, á data. Já não ficamos com os olhos em bico e a boca escancarada, já não. Mas abrimos ainda, e muito, a boca de espanto.

Sem comentários: