28 setembro 2011

P I C O


 Visto do porto, o pico do Pico



O Pico é sempre assim: Avassalador. Não sei se para o bem, se para o mal; É bonito como o são as nossas aldeias beirãs, enfiadas em autênticos buracos das serranias



 Nos idos 1500, sem esta marginal seria mais bonita??
A minha pergunta subentende uma outra, claro: Está-se a fazer o que se deve nos Açores??
Saindo dos cartazes turísticos, neste Pico, DOMINGO à tarde, o jornal disponível era o de 4ª feira.
Não há leitores, dirão alguns.
Nunca serão as infraestruturas a ceder....
Mas, com a falta de leitores, ou o desinteresse destes pelos acontecimentos internacionais ou até do Continente, a pergunta ainda é mais pertinente:Está-se no bom caminho?? E a fazer o que se deve?


O Clube Naval cá do sitio. Domingo à tarde, atarefadissimo.
O que me ocorre, é que esta beleza, à semelhança da beleza das nossas ( continentais) aldeias beirãs encafuadas em picos e buracos inacreditáveis, fere pela fartura; mas também  pelo realismo.

Sem comentários: