15 dezembro 2012

PORTA CONTENTORES


Mon compagnon de route.


Abana mais do que eu. O que prenuncia contentores vazios.


Ao por do Sol, ficam douradinhos....


Mais crus por vezes.

O Douradinho, em tons de verde.....

13 dezembro 2012

ALERTA TINTO

 
Ilhavo, A Grande, deverá estar por esta altura a iniciar os procedimentos para entrar em ALERTA TINTO, o segundo mais grave na escala unitária da Boavista. Prevê-se aliás que rapidamente proceda para o ALERTA BRANCO, quiçá mais grave ainda, deixando o ALERTA ROSÉ para mais tarde e outros voos

O fim de semana será de alerta amarelo, Superbock talvez, sendo que destilada,  poderá acontecer o milagre do puros maltes, ao borralho.

Nós por cá todos bem, em ALERTA TINTO SHIRAZ - Stellenbosh, variedade Spier



Aspecto do rio Boco sob a Ponte da Gafanha.
Yupiiii, tenho um gafanhão comigo!!!!

BAÍA DE LUANDA

 
 
 
 
 
Aí Vêm os carrinhos novos, prontos para defrontar as picadas urbanas.
 

 E claro, o correspondente combustivel para os carrinhos novos, também chega cá.


O Montevil, que chegou  há dois anos, a navegar nas águas de Luanda. Era de Lisboa.
Foi uma viagem tremenda. 18 dias para chegar . Deu para ver uma depressão tropical a nascer. Ganhou nome, e pude acompanhá-la, no seu caminho.


12 dezembro 2012

CAPE DISPATCH



 Com a famosa nortada do sul.



Com menos vento. Bonito palhabote. Escuna para estes fulanos. Mesmo sem o traquete artilhado.

CAPE DISPATCH 13THDEC12


Estivemos juntos em Algeciras....

É bom ver-se terra, quando se vem do mar. Percebê-la e finalmente tê-la. É quase um acto de posse, a
aterragem

45 nós de vento. Veja-se o ferro deste.

Vindo de 10 diazitos de mau tempo, ou pelo menos tempo menos bom, a ter de ouvir a RADIO NACIONAL DE ESPANHA  para tentar saber as noticias do canto luso. Ainda não me conformo, como diria a minha avozinha. Não me conformo, não senhor.
E também não me canso de tentar perceber como é que se chega a este estado de inacção, quase coma , que a nossa gente apresenta.


2 dias à espera de poder atracar. precisava de 35 nós para a manobra. MSC SINFÓNIA,  em linguarejar de cá.

Mas à frente, que a vida não vai parar. E se todas as estradas vão dar a Roma, alguma há-de passar pela lucidez.
Mas que se registe ´: Ouve-se a radio espanhola, para as parcas noticias que entendem que merecemos.
Entretanto, vou fazendo croché ( é assim que se escreve?), enquanto espero pelo noticiário em espanhol, e vou vendo os infelizes, imbecis que ainda têm marinha; Doidos, serviços, lotarias e afins é que está a dar: No nosso caso, para o torto.