28 setembro 2011

P I C O - DESCOBERTO



Não me tem sido muito fácil, apanhar o Pico careca. Desta vez, ao largar e já com alguma distancia de terra, tive a sorte deste fim de dia.
O Sol aqui pôs-se pelo monte dentro, deixando este céu, que já era pronuncio do que aí viria. E que me passou ontem por cima.
XIÇA!!!!


Ou Sunset down in Pico
Finório, não?

P I C O


 Visto do porto, o pico do Pico



O Pico é sempre assim: Avassalador. Não sei se para o bem, se para o mal; É bonito como o são as nossas aldeias beirãs, enfiadas em autênticos buracos das serranias



 Nos idos 1500, sem esta marginal seria mais bonita??
A minha pergunta subentende uma outra, claro: Está-se a fazer o que se deve nos Açores??
Saindo dos cartazes turísticos, neste Pico, DOMINGO à tarde, o jornal disponível era o de 4ª feira.
Não há leitores, dirão alguns.
Nunca serão as infraestruturas a ceder....
Mas, com a falta de leitores, ou o desinteresse destes pelos acontecimentos internacionais ou até do Continente, a pergunta ainda é mais pertinente:Está-se no bom caminho?? E a fazer o que se deve?


O Clube Naval cá do sitio. Domingo à tarde, atarefadissimo.
O que me ocorre, é que esta beleza, à semelhança da beleza das nossas ( continentais) aldeias beirãs encafuadas em picos e buracos inacreditáveis, fere pela fartura; mas também  pelo realismo.

GRANDURAS



          Na imagem, o " paquete" acabado de chegar , ao que creio , da Europa continental (Med), e a caminho das Caraíbas. O Jack Sparrow , estranhamente, não estava junto dos 9 tripulantes que contabilizei. Trata-se talvez do Perini 55, ( aqui o 55 é para metros, e não pés) feito em Italia. Ao que parece há 2 ou 3 em Portugal; Força de expressão, que tem bandeira das Caraíbas, e NUNCA cá estão.
          O Peter vendeu esta noite mais 45 gin`s, pelo menos

21 setembro 2011

ELES ANDEM AÍ



Não será bem verdade, mas os veleiros por aqui não teem sido muitos.
Este é uma excepção. Vai folgado, como manda a regra 22 da cozinha de bordo.

As velas intensificaram-se por aqui, com a governação castelhana  do Reino de Portugal. Os ingleses, possivelmente aborrecidos por os fulanos,  vai de descascar em tudo o que mexia e não era made in UK.
Perdemos assim muitos navios carregados de riquezas.
E de sonhos.

HORTA DO FAIAL


Tudo aponta para um flamengo, dos sérios, corrido pela guerra . Hoje seria um talvez Belga.

 Horta by night

 Lindissimo, como um pequeno jogo, se visto de longe. Pena a minha plataforma ser muito "mexida".

Agora só me falta aprender a tirar fotografias.

MILHAFRES - 1427




Em algumas ocasiões , ignorancia,  a distração, ou até mesmo a pressa podem compensar. Como o crime , aliás.



Isto a proposito dos nossos queridos antanhos, que , em 1427, ao ver os "lindos milhafres" cá do sitio, confundindo os ditos com açores, lembraram-se de prantar o nome dos bicos à terra, quer dizer, às ilhas.
Terá sido pois a ignorancia, ou a distração sei lá, até mesmo a pressa a ditar o nome .
Pois a haver cuidado naqueles idos, o algarvio que fez esta maldade estaria hoje em muito maus lençóis. E a rapaziada dos Milhafres não lhe perdoaria.

20 setembro 2011

OS AÇORES



E eis-me de volta à Terra. Precedendo talvez o maior espetaculo de luz que alguma vez passou por cá. Há que estar atento, que deverá ser por estes dias que um satelite dos USA vai acabar de encontro a alguém ou alguma coisa.
De acordo com o Washington Post, será visivel durante o dia, sendo caso disso. E vai cair na sexta feira próxima. Ou quinta. Ou  calhando , Sabado. Wait and sea. Sentado.

Bom, mas dizia eu que estava de volta, e comecei pelos AÇORES.




Como se sabe, os Açores constituem um arquipelago que tem uma particularidade singular:
Tem muitos açoreanos. E este pedregulho é açoreano.
Graças a Deus, dirão muitos .
Eu também.