31 maio 2007

A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR

Não são os mais representativos; Tão pouco foram seleccionados pela vetustez, tamnho ou cor; Foram os 9 primeiros da minha lista, que todos vós também terão. Uma nação pequena, como a nossa, via-se e desejava-se para ter pessoal para os navios, de tantos eles serem. Um pouco à semelhança de agora, que também não temos pessoal de mar....

30 maio 2007

AJUDEM-MEQUEJÁÉPERSEGUIÇÃO

Para onde quer que olhe, só vejo patos..... Destes! Esta "senhora" e mais a sua prole estava a atravessar o caminho. Fontes bem informadas, disseram-me que o pato que me visitou é um " MUDO" e que não voam.... Se calhar o gajo não sabe!

29 maio 2007

O ESTRAFDHGFN EL LKGNEP

É assim que se chama esta estrutura proboscídia e entalpídica. A que está a branco. Quem, de entre nós, não se perguntou já, a razão de tal quantidade de ferro tratado, qual nave allien, aterrada na lusa Alcantara?? Sim, para que serve? Abrigo atómico ? Devaneio??

O PATO

Deta vez, o caso é sério.
Não é que ao acordar, , às 7 horinhas, dou de caras com este caramelo, a tentar ver a horas e a descansar da sua vida noturna??
Claro que o insultei, a ele e aos progenitores; Mas também gostei do seu ar .Contive-me, deixei-o tirar os seus apontamentos, que ciosamente guardou debaixo da asa, e por ali ficou.
Não é meu, é com toda a certeza um pato do mundo.
A minha vingança, é que a água que ele deve ter bebido, bem lexiviada, vai dar uma diarreia que o patito vai a jacto para casa.....

28 maio 2007

O MAIÃO

Só agora dei pela presença do MAIÃO, pelo que, a correcção é devida ao amigo Zé Oliveira. Um carinho grande pelo Zé, sempre pronto a tudo; Uma mão a mais, para todos nós. Obrigado pelos desenhos, Zé. Ainda não sei bem o que fazer com eles, mas obrigado. Corrigida esta falha minha, resta acrescentar que o barquinho está em: http://www.maiaovs34.blogspot.com/

PERFEITO, PERFEITO, SÓ A SUPER BOCK

É um prazer enorme ver e ler o que a Garina do Mar , o Marinheiro e o Malheiro do Vale escrevem. Sabem tratar pelo nome o que deve ser tratado pelo nome. Estão, como seria esperado, por dentro da matéria, conhecem os factos, e até apontam algumas direcções. Não vamos tornar o que anteriormente se escreveu, em papão, vamos antes, desatar alguns nós, para que quem nos lê, perceba o caminho que se segue. A APL aparece no baile, porque muitos de entre nós, vivemos e temos os nossos lazeres ( ou afazeres) por lá. Só por isso. A instituição merece o respeito de todos nós; Caso contrario, ignorava-se, como se ignoram os imbecis e intratáveis. Continuo a dizer que temos o direito de criticar o que julgamos errado. Se não sabemos exactamente o que dizemos, ( é a desculpa n.º 1) às entidades várias o devemos: não traduzem para o Português o que superiormente (?) decidem. Com isto só quero perceber o porquê e o alcance das mudanças que ao que tudo indica, se vão operar em Lisboa , Alcântara e que é a causa de tanta escrita: Ligada á zona da capital que mais turistas atrae, com bares da moda, marinas, e tudo que é por isto arrastado, vai ser agora “O “ terminal de contentores. Desde Algés que há um fio de continuidade , chamem-lhe o que quiserem, mas há ordem. Depois há contentores, e turismo em paletes. Até tremo. Sabe que vivo em Sintra, onde havia um senhor vereador ( de facto o nº 2 da anterior vereação de má memória), que afirmava para os seus concidadãos, não compreender as pessoas não gostarem de ter armazéns junto às zonas habitacionais. O tal iluminado, em que ninguém votou mas que se diz eleito, queria convencer-nos que os armazéns fazem falta à habitação; Nítido caso de falta a algumas aulas de gestão autárquica. Não convenceu ninguém, mas estragou Sintra, ou que dela vai restando. Será que temos colegas de carteira ( e de faltas) deste senhor, aí por Lisboa??
Meus caros, não seria de esperar algum ordenamento, enfim estratégico e para o futuro??
Teremos de andar sempre a remendar ?
Explique-se para que haja menos patos, no futuro.

23 maio 2007

ALTO E PÁRA O BAILE!!!!

Dei de caras, na SIC e ontem, com um programa que falava de Alcantara, de combóios, de moradores, de barulho, e de como essa mistura não estava a funcionar bem.; aliás, não funcionava. Já teve honras de duas reportagens, pelo que vi e ouvi. Também as queixas são enormes e bastas.As reportagens mostram o barulho, combóios a mexer e o desespero dos moradores. E agora perguntam-me vocês, o que é que temos a ver com isto?? Ou tenho eu a ver?? Vá perguntem. Pois bem, eu respondo: Estes combóios, tão bonitinhos, são os combóios que manobram naquelas linhas do estado novo ( quando o combóio era para se ver) , para trás e para a frente, diante das traseiras dos bares da denominada zona das “ DOCAS” , carregados de contentores; Entopem a estrada, e desentopem os ouvidos dos moradores:. Pelo que vi, NINGUÉM referiu a vontade da APL em aumentar a capacidade de parque para os contentores, na região de Alcantara, com destaque para a parte sul da doca do espanhol. Depois, bom, depois, será o combóio à noite e os camions de dia, a encher tudo e todos, com os inevitáveis acidentes. A APL é uma entidade no minimo estranha: Contenta-se com escalas de paquetes, para destinos mais exoticos, em vez de ser destino de bens e pessoas. A sua politica fez de Lisboa um dos portos mais caros da Europa, (à semelhança dos outros portos nacionais, onde a cartelização funciona), desviando milhões de toneladas para portos dos nossos vizinhos. Até o desgraçado peixe é descarregado em VIGO, em vez de o ser em Aveiro, Leixões ou Viana.

21 maio 2007

CUTTY SARK

Não acredito que alguma vez volte a ser a mesma.... O incendio tramou-a, e o trabalho dos bombeiros fez o resto.... Rerirado da net, da NBC news.

A ULTRAPASSAGENS

Estas regatas de altura ( à espanhola) são sempre muito bonitas; Normalmente duras, mas de uma beleza .....
A malta do rio não sabe o que perde!!! E é pena.

A VISTAS

Foi razoávelmente assim; up & down; E sem fim à vista, o quwe era um martirio. Os rojões mal davam para o Afonso!!!!

ENJOADO

A verdade, verdadinha, é que estive o dia todo entre as 9 e as 10, sempre meio (?) enjoado! E naõ há muitas fotografias .

O ZURK

TROFEU ACEBA -

Creio que era o nome da " corrida "; Devia haver mais.

19 maio 2007

PARQUE TÉCNICO DE BELÉM

Em frente às instalações do Sr. Paulo Pereira, este torreão (?) para abastecimento de água, é o unico para dezenas de barcos; O aspecto diz tudo....
Pagamos claro, para isto.

INAUGURAÇÂO

Com a pompa e solenidade que a ocasião requeria, fez-se na quinta feira pretérita o bota a baixo da embarcação BLUE MOON I, em Belém; Ao acto , não compareceram S. EXAS. o Presidente da Repúblia, S. Exa. o Primeiro Ministro, e S.Exa. o Presidente da Camara Municipal de Lisboa.

A VER NAVIOS

É tãsimples, não é?? Tinha-me esquecido. Não saem com facilidade, e dão um jeitão; O meu contador do molinete partiu uma pá, e os metros são agora de 1,65, talvez

ASPIRAÇÃO

Aspirará a mais, mas para já, dá água ao motor; ALFREEEEDO VITORINO: Toma bem notra do sitio onde isto está, para quando lá fores abaixo, não me pregares cagaços.... Ouviste???

17 maio 2007

A TERCEIRA VIA

Nunca a encontrámos; Foi sem parar e a doer: No Veronique, vomitava-se e calava-se o estomago logo de seguida com uns rojõeszitos.
Que estavam de estalo. Um pouco salgaditos para a minha pressão, mas la foram... O Afonso jurou acabar com eles até Aveiro.... Confidenciava-me o JFMV : O teu filho é uma frieira!!!!!!
Tenho de agradecer ao João Veiga o convite e a cama da proa, ( autentico palacio acolchoado) ao Quirino a pachorra para nos aturar, e ao resto a boa vontade e a genuína alegria com que somos SEMPRE recebidos; Assim que me deixarem, passo à qualidade de sócio da AVELA. Mesmo com os galos!
Adorei o mar e como se viveu.

FINALMENTE - a ceia

Era por isto que todos lutaram; por uma lauta e fausta mesa; E não é que estava??? Do melhor, meus amigos; Ponham os olhos nisto, os senhores.

DA PÓVOA A AVEIRO ( SEM PARAR)

As regatas lá para os lados de Aveiro, na A.M.I. ( área metropolitana de Ilhavo) ( pelo menos as que fiz) têm outro sabor: A leitão, a bacalhau albardado - bem - a cerveja e a bons vinhos; Parece que o dinheiro é bem aplicado. Por cá, pagam- se 20 € por uns folhados e um manjerico de má cara a servir; Lá, com o mesmo , come-se durante 3 dias.... Não se pode mandá-los embora???? ------------------------------------------------------------------------------------------------- Mas eu venho falar é de jantares ( ceias) arregatados; Pois é, vê-se de tudo; E com fartura. Calmarias pela manhã, onde só o Delmar Conde conseguia andar ( O homem não há-de caber em si de contente: Agora os filhos vão para os 49's, defrontar-se com os melhores dos melhores), e mesmo assim com dificuldade. Passou por nós de aflitos. O motor ainda tinha umas rotaçõeszitas para dar, mas o João Veiga decidiu não abusar da sorte ( parecia mal!!!). Ventos de 20 nózes, da proa, que não é muito, mas chega para em conjunto com uma vaga de 3 metros, deitar tudo em fanicos; Viu-se a vaga do largo e depois a vaga do vento, com alguma separação. Aprendizagem forçada, para alguns. Muitas barcoletas, o que fez da prova uma festança: Os nuestros amigos decidiram-se por contingentar a vaga espanhola: só admitiram 60 barquitos; E falamos da GALIZA....
Ponham os olhos nisto, antes de irem embora....
As desistências foram mais que muitas, e por todos os motivos: desde as tradicionais avarias no leme e aparelho, até à já nada convencional falta de gasóleo!! É isto. Ouviu-se às tantas, no VHF que fulano de tal, ia desistir por falta de gasóleo....Isto numa regata!!! E não foi o ZURC!!!!

10 maio 2007

CABO NO HÉLICE

Neste caso, ou a nobre arte de encher chouriços.....

O REI DOS MARES

Este é a silhueta que reinou durante muitissimos anos, quer com Franceses e Ingleses, quer com os Portuguesíssimos marinheiros, que fizeram da marinharia e da navegação uma verdadeira arte. Bem hajam todos os que de alguma forma, contribuíram para o seu reconhecimento.

09 maio 2007

OS FABRICOS

Leme de fora, para se coçar....
Para isso , fundeado com 5 quarteladas ao lume d' água....

CABO NO HÉLICE

O terror dos navegantes de agora, mesmo os veleiros..... sempre com a genoa 12 a girar.... Apanhei este cabo em Belém, na zona tècnica (?) do Porto de Lisboa.

06 maio 2007

02 maio 2007

SANTA APOLONIA

O futuro ex-terminal de passageiros de Santa Apolonia, que dará lugar ao o futuro ( ex??) grande terminal de contentores de Santa Apolonia, só tendo para isso que alterar a localização da estação terminal da CP, para Arronches, permitindo assim o estacionamentos de mais contentores. Este facto vai permitir a Lisboa ser a primeiríssima cidade capital com rio, Alfama e Museu Militar, a implantar tal projecto; Sabemos que Madrid perdeu para Lisboa tal plataforma, pela ausência de Alfama. Será criada uma subsidiaria da EMEL, que controlará o estacionamento dos contentores, sendo para isso também criados de novo e pela primeira vez na Europa, quiçá em Portugal ,( Alô Veiguinha) o terminal de pagamento contentímetro, permitindo assim um encaixe importante nas depauperadas finanças da EMEL e APL, ao controlar ao minuto as estadias dos contentores.